top of page

Considerações Chave: Covid-19 em Assentamentos Urbanos Informais.

Atualizado: 25 de mai. de 2020



A plataforma Social Science in Humanitarian Action busca organizar redes de pesquisa para fornecer conhecimento científico e respostas eficazes durante períodos emergenciais em áreas vulneráveis, ela é financiada por instituições do Reino Unido entre outras entidades. O documento apresentado traz importantes considerações para proteger assentamentos informais da propagação do COVID-19 e suas consequências. Ele aponta a soma de vulnerabilidades que essas áreas estão expostas, não só envolvendo saúde mas também fatores sociais e econômicos, a importância do fortalecimento de organizações comunitárias para desenvolver estratégias locais e a relevância da coleta de informação para guiar políticas públicas e ações bem orientadas. Em relação às vulnerabilidades o texto indica fatores que influenciam direta ou indiretamente no impacto do Coronavírus nas favelas, como a falta de saneamento básico ou fornecimento de água, a densidade dessas áreas que dificulta o distanciamento social, a suspensão de projetos sociais, os presentes processos de remoção etc. Em relação à como dar suporte, o artigo foca na construção de ações adaptadas para cada contexto, indicando a formação de forças-tarefas locais e o fortalecimento de lideranças que possam articular a comunidade e fornecer esclarecimento, é necessário que governos e instituições humanitárias atuem dando condições para isso acontecer. Por fim, o texto traz uma série de informações que precisam ser coletadas para se pensar em respostas aos problemas, como dados populacionais, dados do sistema de saúde, sociais e econômicos, bem como dados gerados pelos próprios moradores.


Esse é um resumo do texto retirado da plataforma Social Science in Humanitarian Action!


Link do texto original:


Link para a Plataforma:


Foto: Divulgação/ Voz das Comunidades



Comentários


bottom of page