• Sara Moura

Propostas para reduzir os impactos da pandemia de COVID- 19 nos territórias das favelas brasileiras



Levando em consideração a enorme desigualdade no país, a alta taxa de desemprego, as condições precárias em que muitas famílias se encontram , principalmente nas periferias, a CUFA buscou elaborar um documento e propôs algumas propostas que ficaram acessíveis a todos por uma semana, durante a qual poderiam acrescentar sugestões. Depois de tudo isso, o documento seria levado às autoridades responsáveis pelas decisões políticas do país. Entre algumas ideias abordadas estão a de distribuir água, sabão, álcool 70% e água sanitária a moradores; estimular a população a comprar dos pequenos comerciantes; dar incentivo a empresas de água, luz e gás que isentassem o pagamento durante 60 dias das pessoas que ganham até 4 salários mínimos; aluguel em hotéis ou pousadas para idosos e grupos vulneráveis; apoio financeiro às crianças que deixaram de frequentar as creches e às pessoas que possuem familiar portador de alguma deficiência; ampliação das equipes de saúde da família e outras iniciativas.

Todas essas medidas foram pensadas com o objetivo de ajudar as famílias mais carentes e a buscar medidas que evitem a lotação do sistema de saúde. Além disso foi citada também a questão econômica, onde a população que mora na favela será a mais prejudicada.


Este é um resumo das propostas de medidas desenvolvidas pela CUFA ( Central Única das Favelas)


Link do texto original:

https://www.cufa.org.br/noticia.php?n=MjYx

© 2020 Fortaleza, Ceará

Programa de Educação Tutorial - Arquitetura e Urbanismo UFC

Ilustrações exclusivas por Julianne Almeida

@ajuilustra no Instagram